Thursday, August 21, 2008

Thank you, Nelson Évora








Obrigada, Nelson. És o nosso orgulho!



Thank you, Nelson Évora. We could not be more proud of you.

19 comments:

Ana said...

Olá Cláudinha,

Minha linda, estás de volta e eu também!:)
Espero que as tuas férias tenham sido excelentes.


Os da ShitNews não gostaram nada desta medalha, afinal estavam a dar o ouro como garantido para o seu atleta. Azar "amigos", a medalha veio para terras lusas e muito bem!:)))
Grande Nelson Évora,parabéns campeão!OBRIGADA :)))


Beijinhos
Ana xxx

isis said...

Congratulations portugal from ireland. Well done.

Anonymous said...

Certo,mesmo muito bem e o trabalho intenso foi compensado.Parabéns,sim
**********************************

Mas os apoios durante o ano todo, para treino e preparação DIÁRIA dos nossos atletas,escasseiam.

Pequim,altamente poluida, exigia todos os conhecimentos de fisiologia e psicologia do desporto.E uns bons tempos de treino,in loco.

Devemos incentivar e não destruir os que não alcançaram marcas ou boas marcas.
Que raio!

Tantos pedidos de desculpa da parte deles?Para quê e PORQUÊ?

Cheira a esturro.

E 1 tv,daqui, não os deveria deitar abaixo .

É mesmo bater mais para os derrubar completamente.

Apoiemos TODOS os que lá foram participar.

Não acham que tanto insucesso é de mais?
E,não me parece que a culpa total seja dos atletas.
Cheira mesmo a esturro.

FIM!****

Anonymous said...

E esta? Que tristeza de atitude.

...."COI RECUSA LUTO

OComité Olímpico Internacional recusou um pedido da comitiva espanhola nos Jogos Olímpicos para colocar a bandeira espanhola a meia haste.

A atleta Natalia Rodríguez (1500 metros) perdeu um familiar.

C. da M.

Cláudia said...

Aninha, foram óptimas, mas curtas! :-) Espero que as tuas tenham sido igualmente boas, mas que tenham parecido mais compridas! :-)
Não gostaram? Que chatice... O Nelsom é grande, enorme! :-) Obrigada, Nelson!
Beijocas, Ana.

Cláudia said...

Thank you, Isis.
Nelson is a champion, a lovely, humble athlete and a hunk! :-)

Cláudia said...

Anónimo, também fiquei chocada com a recusa da bandeira Espanhola a meia haste. Enfim, politiquices. Quanto ao resto, nomeadamente as críticas à comitiva, penso que estas não foram dirigidas a todos os atletas que mesmo dando o seu melhor não atingiram os seus objectivos. Foram dirigidas, sim, aqueles que foram a Pequim em passeio. Não é admissível que um atleta de alta competição desculpe os seus resultados com o horário da prova. Quem gosta de estar de manhã na caminha não pode ser atleta de alta competição. A todos os outros que deram o seu melhor, obrigada. Em 2012 há mais e espero que estejam lá todos para voltarem a dar o litro pela nossa bandeira.

Anonymous said...

Sim,Cláudia,quanto ao rapaz que disse funcionar melhor de tarde...acho que foi mal passado.O bom senso deveria ter funcionado.O rapaz deve ter dito aquilo em ar de conversa casual,pois não é discurso de atleta profissional.
Fui eu quem colocou,anónimamente,as observações dos J.O.-do COI e dos nossos.

SHU

Cláudia said...

Eu sei, SHU. Reconheci-a. Quando ao rapaz das palavras infelizes, continuo a achar que um atleta profissional não pode dizer tal coisa. Não é discurso de campeão. Que ponha os olhos no Nelson, na Vanessa, na Naide, no Obikwelu, etc. A todos os outros que deram o que tinham, o meu muito obrigada. Mesmo sem medalhas e sem grandes resultados.

Anonymous said...

Que triste a falta de solidariedade do estado chinês!!!
querem o reconhecimento internacional mostrando esta frieza?
Lembremo-nos é q os estados nem sempre transmitem os sentimentos do povo...
Helena

Cláudia said...

Olá, Helena.
Sinceramente acho que isto vai para além do estado Chinês. Segundo parece a decisão partiu do Comité Olímpico Internacional, o que ainda me parece mais chocante, sinceramente.
Sem dúvida,os estados muito raramente reflectem os sentimentos do povo.

Carol said...

Very many congratulations to Portugal from Scotland. Well done Nelson you did your country proud.

Cláudia said...

Thank you, Carol. Nelson is a champion and we could not be more proud of him. :-)

ICantThinkOfAName said...

Claudia

I should like to evpress my sympathy to the victims of the train crash in Portugal and their families.

Cláudia said...

Thank you SO much, ICTOAN. I will put something up when we know exactly what happened and all the details of the accident. Yesterday was such a happy day for the Portuguese people and now this.:-(
Thank you, ICTOAN.

Anonymous said...

Certo,Cláudia:que o tal rapaz falasse só em privado,muito privado.


Mas outra questão,que seria para outro lado,sorry.
"Tudo" muito silencioso;muito quieto...

Acho super conseguirem reconhecer pela escrita.A Joana,também mas muito mais quando utilizo ironias.

Gazeta;SOS;Kidn....so quiet!Too much.

E uns queridos adoram ir aos 3A.

Cláudia said...

Pode ser a calma antes da tempestade.
Em alguns casos é fácil reconhecer. noutros, nem tanto. :-)

Anonymous said...

Gracias Claudia por tu blog, yo no soy portuguesa pero me siento solidaria con nuestros amigos y vecinos portugueses.
Me siento ofendida, cuando veo que tratan con prepotencia y desprecio a la policía lusa, que tan gran servicio ha prestado a la policia española apresando a "el solitario"
un delincuente muy peligroso.
Creo que hacen un trabajo muy meritorio y en mi opinión han demostrado una gran honradez permitiendo a la policia británica ayudar en este desgraciado Caso Maddie.
Creo que los Macann y sus amigos deben ponerse a disposición, de la Policía portuguesa y ayudar y colaborar en todo lo que les pidan.
Como decimos en España, "estos no son trigo limpio". Saludos a todos.

Cláudia said...

Gracias por tus palabras, anon.
Peço perdão, mas o meu Espanhol é muy malo. :-)
A Polícia Portuguesa e Espanhola sempre trabalharam muito bem em conjunto, ajudando-se sempre que necessário. Sei o que El Solitário já foi julgado e condenado, se não me engano, a 47 anos de prisão. Óptimo trabalho da justiça Espanhola. Ainda vai ser julgado em Portugal, também.
Os pais da criançã jamais se irão por à disposição da Polícia Portuguesa. Tiveram oportunidade de o fazer durante toda a investigação e não o fizeram.